Gestores e a gestão

visãoturvaGestor, aonde você tem colocado o seu foco?

A atual era da tecnologia da informação e comunicação expandiu e oportunizou melhoras significativas nos processos de gestão.

Hoje é muito mais fácil administrar qualquer negócio que há uma ou duas décadas. Entretanto, muitos gestores evoluíram com a tecnologia, porém, parece que toda essa robotização computacional acabou engessando as relações humanas.

O foco da maioria dos gestores que conheço tem estado prioritariamente em PROCESSOS. As ferramentas, os métodos são sim bastante importantes, contudo, quem executa esses processos e metodologias, não merecem atenção especial?

Tenho observado, ainda, que a frequência com que os gestores têm mirado sua atenção ao controle de subordinados é completamente contraproducente com a ideia de produtividade e qualidade.

As pesquisas científicas sobre análise comportamental indicam o caminho contrário, isto é, quanto mais à vontade, melhor a qualidade do serviço e sua produtividade. Importante salientar, no entanto, que essa liberdade a ser dada ao empregado precisa ser direcionada com metas bem traçadas, desafios constantes e cobranças sim.

Como especialista em desenvolvimento humano costumo fazer uma pergunta aos gestores: Qual a diferença entre administrar recursos humanos e administrar o seu tempo ou suas atividades diárias?

Via de regra os gestores fingem não entender a pergunta. Se você, gestor, acabou de se sentir assim não está sozinho...
O problema é que certamente você consegue descrever razoavelmente bem como administrar o tempo e as atividades do seu expediente e quando passa a descrever como administra seu pessoal você automatiza como faz isso. Ou seja, se você é daqueles que tratam a todos de modo igual, lamento, você precisa se atualizar para essa nova era digital, dinâmica e muito complexa.

Se a tecnologia trouxe facilidade, a interação interpessoal ficou deixada de lado e passamos a viver em emaranhados de cabos e em conexões sem fio.

Todo e qualquer processo ou metodologia só será bem sucedido se as pessoas envolvidas com as tarefas sentirem-se pertencidas e realmente envolvidas. Colaboradores ameaçados e controlados por gestores que se preocupam mais com o cumprimento da carga horária laborada que com um ambiente de trabalho harmonioso e motivado tendem a não darem o melhor de si e produzirem pouco.

O modelo de gestão autocrática só traz benefícios ao gestor em detrimento de muitos prejuízos à organização. Vocês gestores precisam aprender que a organização é o conjunto das pessoas trabalhando nesse organismo, que é vivo justamente por causa de cada membro. Não existe ainda organização sem gente administrando o negócio. Já sabemos que o bem mais precioso de uma empresa é uma equipe de qualidade. Só falta praticarmos esse entendimento.

Portanto, aonde você tem colocado o seu foco? Se você se convenceu de que precisa focar mais nos seus colaboradores, por favor, lembre-se de que deve, também, conhecer cada um deles. Mas se você me disser, - "poxa, não tenho tempo para isso". Mire exatamente no que você deseja fazer e você conseguirá. Agora pare de dar desculpas e aja com clareza, objetividade e carinho.

Desejo um dia de excelência para você!
Paz e bem,
Alex Fabiano Viana Costa